CARREIRA: ESTOU INSATISFEITO – SERÁ QUE ESCOLHI O CAMINHO CERTO?

Recebi uma sugestão de postagem de um grande amigo meu e não parei de pensar sobre o assunto. Aqui no blog vocês encontram alguns posts de pensamentos aleatórios, muitos mais profundos que outros, mas esse tema sobre estar satisfeito ou não com as nossas vidas nunca foi abordado por aqui, e eu já cheguei a pensar bastante sobre esse assunto, então vamos falar sobre!

A sociedade acaba impondo algumas coisas sobre o nosso futuro e muitas vezes não reparamos, só vamos seguindo. Desde cedo aprendemos que devemos estudar para sermos alguém, depois da escola temos que fazer uma boa faculdade, muitos pais e familiares acabam se intrometendo demais na hora de fazermos essa escolha importante, e algumas pessoas acabam escolhendo o que não queriam fazer de faculdade somente para alegrar os familiares ou por pressão psicológica.

Somos pressionados o tempo inteiro a chegarmos ao sucesso. É preciso ter as melhores notas na escola, ir para as melhores faculdades, escolher os melhores cursos para termos um futuro maravilhoso e não enfrentarmos problemas financeiros. É preciso comprar um imóvel, casar, ter filhos, depois netos, seguir todo um protocolo. Mas isso é preciso mesmo para sermos felizes?

 

Precisamos pensar no futuro, mas precisamos pensar em nós!

 

Eu seria hipócrita se falasse pra vocês que dinheiro não importa para uma vida equilibrada existir, é claro que importa! Mas é preciso seguirmos o nosso coração na hora da escolha de uma profissão.

A nossa família deseja o melhor para nós, mas muitas vezes o que eles acham que seria o melhor para nós na realidade não é!

É importante pensar no meio termo, ter dinheiro com a profissão mas ao mesmo tempo se sentir realizado.

Não importa ser um rico frustrado, para isso, é melhor ter uma condição mais simples e ser feliz.

No fundo, você se conhece, sabe o que gosta e o que não gosta de fazer. Faça uma lista, de todas as coisas que você leva jeito e se sente feliz fazendo e aquelas que você não gosta nadinha… E não digo apenas no quesito matérias escolares, mas, em todos os quesitos! Hobbies e todo o restante, liste!

Através dessa listagem você vai começar a pesquisar profissões que tenham haver com isso, para te dar uma “luz maior” você pode até mesmo fazer testes vocacionais, faça mais de um, faça quantos achar necessário!

Normalmente os testes vão te mostrar mais de uma profissão, e suas habilidades vão te dar mais de uma opção também (pois é, não é tão fácil assim). Nesse momento é preciso pensar bem, se imaginar em cada uma delas. Algumas faculdades dão a opção de você assistir aulas sem ser aluno, como treineiro mesmo. Veja de perto como seria a profissão que você deseja, vivencie.

 

Escolhi mas me arrependi, e agora?

 

É mais normal do que você pensa, começar uma faculdade e se arrepender de ter escolhido aquilo. Muitos até completam a graduação e depois de alguns anos trabalhando naquela profissão não se enxergam mais nela, ficam insatisfeitos e infelizes, não sabem o que fazer.

É normal! Somos seres humanos propícios a mudanças. Mas primeiramente, reflita.

É a sua profissão que está te deixando insatisfeito? Ou o seu emprego.

Confesso que eu mesma já passei por isso, achei que a Publicidade e Propaganda não era a minha área certa, que eu estava errando, porque me encontrava muito infeliz! Chorava quando chegava em casa, me sentia incompleta. comecei a refletir, meditar, e cheguei a conclusão: eu precisava mudar de emprego, e não de profissão.

Mudei de emprego e vejo que ser publicitária realmente é o que eu quero ser! AMO isso! Mas se daqui a 5 anos eu mudar de ideia novamente? Começar a refletir sobre a minha profissão? Não tem problema nenhum.

É preciso não ter medo de mudar, se arriscar!

 

O que fazer?

 

Eu não sou nenhuma especialista no assunto, lembro a todos. Apenas estou tentando ajudar, expondo a minha opinião, e tive um papo bem interessante com uma amiga psicologa, que me ajudou a deixar esse post mais completo e coerente para quem precise.

É preciso saber se o que você necessita é mudar de profissão ou mudar de emprego, pense muito bem nisso antes de tomar qualquer iniciativa.

O que eu preciso é mudar de emprego: SE ARRISQUE! A instabilidade realmente é algo que amedronta, o medo do novo, mas não enterre a sua vida por conta desse medo. Lembre-se: é a sua vida, e você vive apenas uma vez, então precisa se sentir completo a cada passo!

O que eu preciso é mudar de profissão:  Muitos acham que mudar de profissão é difícil, só quem tem dinheiro consegue, leva tempo, será mesmo? Tempo é o que você perde enquanto se mantem sendo infeliz. Existem diversas faculdades gratuitas ou até mesmo cursos profissionalizantes, que são mais rápidos do que faculdades e também podem fazer com que você mude de área! É preciso pensar bem no que te deixaria feliz, e arquitetar planos para chegar nessa nova profissão, algumas nem precisam de faculdade.

 

Não existem apenas empregos CLT’s para universitários!

 

Outro fator importante que muitos esquecem! Para se ter uma profissão nem sempre é preciso fazer faculdade, para ter realização pessoal e estabilidade financeira não é preciso ter carteira assinada e trabalhar em uma grande empresa! Existem outras formas de conseguir isso e ser feliz.

A cada dia que passa o regime CLT tem sido trocado por muitos, pela liberdade de trabalho!

Dependendo da sua área, o trabalho home office ou outros tipos de trabalho é possível.

Blogueiros, escritores, arquitetos, advogados, designers e muitos outros profissionais trabalham de casa. Conseguiram clientes, possuem horários flexíveis, conseguem viver bem e são felizes. Quem ama cozinhar também tem ganhado espaço, no mundo fit e outros tipos de marmitinhas. Manicures, personais, tem espaço para VÁRIOS tipos de profissionais nesse mundo “por conta própria”. O medo de investir e começar a ser o seu próprio chefe vai existir, mas, se é isso que vai te fazer feliz, se arrisque!

Pesquisem e descubram, a maior dica é: se arrisquem.

 

Espero que tenham gostado do post, se desejarem mais tipos de postagem como essa me falem que eu posto mais.

Beijokas 😉

10 thoughts on “CARREIRA: ESTOU INSATISFEITO – SERÁ QUE ESCOLHI O CAMINHO CERTO?

  1. Que post incrível *.* já fiquei nessa indecisão, será que estou no curso certo ? Hoje em dia acredito que fiz a faculdade certa sim, mas quero estudar mais e fazer outros cursos <3.
    Já fui bem infeliz no meu trabalho, mas resolvi sair da zona de conforto e traçar metas e planos, não é nada milimetricamente elaborado, mas me deu mais foco e ânimo.
    Gosto da minha profissão pois ela me da um leque de possibilidades. Mas não pretendo trabalhar muito tempo na mesma empresa. E sim, a vida só caminha para quem arrisca. Mil beijos <3
    Charme-se

    1. Que bom que gostou Siiii! Fico super feliz *—* E AMEEEI a frase que você colocou no final, “A vida só caminha para quem arrisca”, concordo plenamente com isso! Beijokas 😉

  2. olha complicado né, mts vezes na faculdade somos mt novos e nao fazemos uma escolha que nos satisfazer a a longo prazo… eu to numa area totalmente diferente da minha de formação e querendo mudar de novo, minha vida profissional é pura crise rs

    1. É pura crise agora Li, mas com certeza vai entrar nos eixos e vc vai sentir quando estiver na vida profissional/profissão na qual realmente deseja! A minha também não está exatamente como quero agora, mas está caminhando… Não podemos desistir até conseguir deixa-la do jeitinho que merecemos haha beijokas 😉

  3. Adorei! É o que eu sempre digo. Muita gente quer acabar o ensino médio e ir direto pra faculdade, mas nem todo mundo tem certeza do que quer como profissão. Tem gente que já tem ideia do que “vai ser quando crescer” quando ainda é pequena. Minha prima é um exemplo, desde pequena queria fazer Direito e toda vez que a gente brincava, ela era a dona do escritório e cuidava de toda a “papelada”, hahaha! Mas tem pessoas (como eu) que não fazia ideia do que fazer, então é bom deixar um tempo, pelo menos 1 ano, pra pensar no que fazer com certeza e entrar de cabeça no que quer. Enfim, adorei o post, Natz!
    Beijos!

    http://www.likeparadise.com.br

    1. Exatameeeente Thami, concordo muito! hahahaha Eu tenho uma amiga que sempre amou animais, desde criança (somos amigas desde os 3 anos), ela sempre teve muitos bichinhos e se dedicava, não tinha nojo quando eles se machucavam nem nada… Hoje em dia ela é veterinária formada na USP… Então eu acredito DEMAIS no que disse mesmo, tem gente que nasce com dom, com vocação, que nasceu para aquela profissão… E tem gente que tem muitas dúvidas, a melhor coisa é esperar a certeza aparecer e cair de cabeça, e se mesmo assim errar, não ter medo para tentar outros caminhos.. Que bom que gostou do post Thami, fico feliz 😉 beijokas!

Olá Pessoal, Tudo bem com vocês? Deixe sua Opinião, ela é super importante para o crescimento do blog! :)